A Bíblia, O Livro dos livros – Salmos 19:7-10 – Tiago Souza

Certo jovem convidou o seu amigo para uma viagem. O carro era pequeno e tinha espaço para poucas coisas. O amigo, para certificar-se que estava levando tudo, pega uma lista e começa a ler: mapa, ok. Uma lâmpada, ok. Uma bússola, ok. Um espelho, ok. Uma espada, ok. Alguns livros de historias, ok alguns livros de poesias, ok.

A essas alturas, o amigo já estava apavorado:

– Mas cara, o carro já está cheio, não vai dar para você levar tudo isso!

– acalme-se, está tudo aqui, e mostrou-lhe a sua bíblia!

Essa é apenas uma ilustração da preciosidade da palavra do Senhor!

Ela é o Livros dos livros:

A bíblia é o livro mais lido, comprovado, citado, estudado, amado, preservado, traduzido e publicado de todos os tempos. Nela encontramos os atributos de Deus, a pecaminosidade do homem, o caminho da salvação, o destino dos pecadores e a felicidade dos crentes. A doutrina que nela encontramos é santa e pura. Seus estatutos são obrigatórios, suas historias são verdadeiras, suas decisões são imutáveis e sua precisão é perfeita. Leia a bíblia para ser sábio, creia para ser salvo e a pratique-a para ser santo.Image

Na bíblia encontramos alimento para a nossa alma, luz para o nosso caminho, e água para a nossa sede. A bíblia é o mapa do viajante, a bussola do peregrino, a espada do soldado e o ouro do mineiro.

Exposição do Salmo 19:7-10

No inicio do Salmo 19, Davi nos fala sobre os maiores missionários da terra. Os astros, os planetas, todo o universo grita aos nossos ouvidos e nos revela a glória de Deus. Nos seis primeiros versos deste salmo Davi se preocupa em fazer Deus majestoso, glorioso e criador de tudo. A partir do verso sete ao verso dez Davi nos chama a participar dessa glória de Deus! Enquanto os seis primeiros versos nos falam sobre a glória da revelação geral de Deus , o versos 7-10 nos chama para a glória da revelação especial de Deus. O cenário muda do mundo de Deus para a palavra de Deus.

Portanto nesses 3 versículos (7-10) Davi nos chama para atentar o quanto a Palavra de Deus é gloriosa, perfeita e sublime.

Cada um dos quatro versos paralelos contém um titulo para palavra de Deus. Cada uma descreve o que sua Palavra é; e cada uma pronuncia o que ela efetivamente cumpre naqueles que a buscam. Para Davi, em todos os versos, a palavra é do Senhor. Ela não é de homem algum. Ela tem origem divina. Ela é do Senhor e isto é bem claro em todos esses três versos.

“A Lei do senhor é perfeita e revigora a alma” Salmo 19:7a

Dr. John MacArthur, um dos maiores expositores bíblicos da atualidade, disse que em seus estudos para expor esse verso gastou algumas horas para achar o real significado do porque a lei do Senhor é perfeita. Em seus estudo descobriu que a lei é perfeita não em contraste com o imperfeito, mas em contraste com o incompleto. Ou seja, ela é perfeita porque é completa! Nada precisa ser acrescentado na lei. Ela por si só tem poder suficiente de alcançar a nossa alma e revigorar a nossa fé. Quantas vezes nos apegamos a esse livro em momentos de crise existencial, de problemas, de aflições e a Lei do Senhor sempre esteve pronta para nos ouvir, para nos instruir e para revigorar a nossa alma.  Assim como a nossa alma se refrigera nos braços do bom pastor do Salmo 23, a nossa alma se revigora na lei do Senhor! O mesmo autor desses versos chega a conclusão no primeiro Salmo 1 ,declarando “que feliz é o homem que  e medita nessa lei de dia e de noite”. De fato a Lei do Senhor é um mar de infinitas bênçãos para aqueles que a buscam!

“Os testemunhos do Senhor são dignos de confiança e tornam sábios os inexperientes” Salmos 19:7b

Os mandamentos eram conhecidos por esse nome (Ex 25:21) e constituem a base de toda a lei do Senhor. Porem toda a escritura é testemunho de Deus para nós de quem Ele é! É nas escrituras que vemos que a palavra do Senhor, de fato, testemunha fielmente sobre a pessoa e a obra do Senhor. Esses testemunhos são dignos de confiança, ou seja, nós devemos depositar toda a nossa fé nas historias, nos preceitos, nas narrativas, nas ordenanças que nela existe! O evangelho, ou o testemunho do Senhor são dignos de confiança e tornam sábios os inexperientes. Certa vez John MacArthur recebeu em seu gabinete pastoral um homem muito aflito. Este relatava que já estava frequentando alguns cultos ali na igreja e resolveu confessar os seus pecados ao Pr. MacArthur. Este homem era médico abortista. Este homem ganhava milhões de dólares com aborto de bebês inocentes. Seu consultório recebia pessoas do mundo inteiro. Quando o casal que ali vinha se consultar e não havia motivos para abortar a criança, esse médico criava um motivo, uma razão para o um aborto. Aquele médico disse também que estava em depressão. Estava no seu quarto casamento e não gostava de viver com a atual mulher. Ele suplicou ao Pr. MacArthur por ajuda. Sua alma estava completamente aterrorizada por anos e anos de pecado. Dr. MacArthur olhando para aquele homem respondeu: “Eu não posso! Eu não posso te ajudar. Eu não tenho poder para resolver seu problema.” Enquanto aquele homem ouvia essas palavras seu coração ficava cada vez mais desesperado. Enquanto aquele homem refletia sobre aquelas duras palavras, o Pr. MacArhur disse: “tome esse livro (a bíblia) e leia o evangelho de João. Semana que vem podemos conversar novamente.” Aquele homem na semana seguinte volta ao gabinete do Pr. MacArthur no este pergunta: “Você leu o que pedi? “Sim, eu li o evangelho de João” , respondeu ele. “E o que você achou?”perguntou MacArthur. “Eu achei Deus! Jesus é Deus. Ele não pode fazer o que ele faz se ele não for Deus! Ele é Deus. E também eu li Romanos e descobri que eu sou pecador por natureza, mas descobri também que Jesus pagou por todos os meu pecados e pela fé posso ser justificado por Deus”

Aquele homem descobriu o poder da mensagem do evangelho! Ele torna sábios os inexperientes!

 

“Os preceitos do Senhor são justos, e dão alegria no coração” Salmo 19: 8a

As determinações, os padrões e os valores da bíblia são justos. Aqui o salmista nos informa que a palavra do Senhor tem o mesmo peso que o seu próprio atributo: Se Deus é justo, a sua palavra deve ser justa! E na palavra do Senhor vamos encontrar mandamentos, ensinamentos que não tem variação no seu caráter ou desproporções para com os desejos de Deus. Ela é reta, ela é justa em tudo diz. Qual santa consequência disso? A justiça da palavra do Senhor trás alegria no coração do homem! O próprio Jesus diz em João 15:11 : “Eu vos falo estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a vossa alegria seja completa!”. É nas palavras do evangelho que encontramos a real alegria da nossa alma, pois é no evangelho que nos aproximamos de Deus e temos a alma recheada de alegria!

 

“Os mandamentos do Senhor são límpidos e trazem luz aos olhos” Salmo 19:8b

Aqui o Salmista se preocupa em trazer para a vida prática dos ouvintes aquilo que é estabelecido na palavra do Senhor. Davi apela para a observação amorosa da palavra de Deus com conformidade com a prática que exige. Os mandamentos, que são muito mais do que 10, são advertências para um viver santo daqueles que buscam á Deus. Diferente de uma ditadura ou algo do tipo, o Senhor estabelece esses mandamentos para o próprio bem dos fieis e os permite que eles se pareçam com o próprio Deus. Foi o mesmo Deus que disse em Lv 20:7: “santo por eu sou santo”! Como posso ser santo se não pratico a palavra? Por isso o Senhor nos impulsiona a praticar os seus mandamentos. Ele quer que sejamos santos e parecidos com Ele. Davi também no fala que estes mandamentos são límpidos! Eles não são obscuros, sujos e nevoados. Eles são límpidos, eles são claros e trazem luz aos olhos. O salmista quer dizer que os mandamentos não nos fazem tropeçar como cegos que só enxergam uma total escuridão. Os mandamentos faz com que possamos ver claramente as coisas como elas realmente são!

 

 

“ O temor do Senhor é puro, e dura para sempre” Salmo 19:9a

O Temor do Senhor nos ensina a ter reverencia para com Ele. Não é possível ter alegria na alma, sabedoria no coração, luz nos olhos se não tivermos temor ao Senhor. Talvez seja essa a razão do salmista colocar este verso como uma das ultimas referencias á palavra do Senhor. Ele quer deixar latente que a Palavra do Senhor nos fala sobre uma reverencia pura e santa. A palavra causa no coração daqueles que a buscam tal temor que o que mais eles desejaram é não pecar contra um Deus que é puro. E este temor dura para sempre, ou seja, teve valor para os dias de Adão, teve valor para dias de Davi e tem valor para os nossos dias! A palavra do Senhor sempre será pura e verdadeira!

“As ordenanças do Senhor são verdadeiras, são todas elas justas” Salmo 19:9b

A palavra “ordenanças” pode estar se referindo aos decretos eternos de Deus como juiz que julga com grande retidão. Ao longo de toda a escritura vemos os decretos do Senhor e seus juízos sobre anjos, demônios, indivíduos e nações. Esses juízos nos revelam o caráter do Senhor e nos mostram o que lhe agrada ou não. Quando digo “agradar a Deus” não estou falando de sentimentos, ou paixões. Deus não se deixa levar por isso! Mas o agrado do Senhor que está alinhado com a sua justiça, o qual é um atributo obvio de Deus santo. Por isso o salmista chega a está conclusão : As ordenanças e os juízos do Senhor são justos! Deus age com justiça na justiça porque Ele é justo!

Conclusão:

A palavra do Senhor é tudo isso: Lei, testemunho, preceito, mandamento, ordenança e juízo. Chegamos então á conclusão, juntamente com Davi, no verso 10: “A palavra do Senhor é mais desejável do que o ouro, do que muito ouro puro; são mais doces do que o mel;  são mais doces do que as gotas do favo!”

Davi diz que a palavra é mais importante do que o ouro! O ouro, em todas as nações e em todos os tempos sempre foi motivo de obsessão.

Portanto, se a Palavra do Senhor é mais valiosa do que o ouro, eu pergunto: você tem obsessão pela palavra do Senhor? Ela já tomou o lugar devido no seu coração? Qual é o valor que você dá a bíblia? Ela tem valor para você?

Davi diz também que ela é mais doce do que o mel!

Portanto, se a palavra é tão doce assim, eu pergunto: Você tem apetite pela palavra? Você deseja ler, entender e  pratica-la no seu dia-dia assim como você se alimenta? Você é tão apaixonado quanto Davi pela palavra ao ponto de meditar nela de dia e de noite? (Salmo1: 2)

Deixe a Palavra do Senhor ser TUDO na sua vida! Ela mesma dá testemunho do seu valor, por isso nós encontramos esses três versos escritos nela!

Tenha a palavra do Senhor como o seu bem mais precioso. Tenha ela como um valor inestimável e como um alimento inesgotável.

abraços

Anúncios

A Mensagem Central do Novo Testamento – Tiago Souza

A Mensagem Central do Novo Testamento

O Novo Testamento revela-nos alguns desdobramentos interessantes e complexos. A variedade de cenas contidas no Novo Testamento se repete página a página deixando-nos cada vez mais entusiasmados para ler e entender as verdades divinas contidas nessa compilação de vinte e sete pequenos livros.

Os quatro primeiros livros do Novo Testamento, chamados de “Evangelhos” começam e terminam narrando os fatos e acontecimentos que cercaram a vida terrena de Cristo. Cada um dos Evangelhos faz sua própria narrativa segundo sua perspectiva do fato. Assim, os quatro evangelhos se completam entre si em detalhes descritivos acerca daquele o qual os Evangelhos chamam de “Filho de Deus”, Jesus Cristo. Seguido disso, temos uma narrativa histórica muito interessante chamado “Atos dos Apóstolos” que revela os acontecimentos depois da ascensão de Cristo ao Céu, bem como o início do ministério do Espírito Santo na vida de doze seguidores de Cristo. Sucedendo essa narrativa histórica temos o que chamamos de “Epístolas”, onde estão contidas disciplinas, exortações e direções que os cristãos devem ter em sua vida cristã prática. E por fim, o Novo Testamento se encerra com um o livro apocalíptico de João. Neste último livro temos a revelação dos últimos acontecimentos bem como o início do estado eterno da igreja de Cristo. Juntos, os vinte e sete livros tecem um retrato acerca do Deus homem. Nele estavam combinadas a perfeita humanidade e divindade, fazendo Dele o único sacrifício pelos pecados do mundo, bem como digno Senhor daqueles que crêem.

A singularidade e a harmonia que estes livros formam ao redor da pessoa e da obra de Cristo inevitavelmente nos revelam qual a mensagem central do novo testamento: Jesus Cristo. Portanto, outra mensagem que não seja a mensagem de centralidade de Cristo deve ser descartada do novo testamento, pois, Dele por ele e para Ele são todas as coisas (Romanos 11:36)soldiers of the cross

Porque Cristo é a Mensagem central do Novo Testamento?

Cristo é a mensagem central do novo testamento porque Ele é o cumprimento das promessas de Deus contidas no antigo Testamento. Nele estão os mistérios, agora já revelados, do Antigo Testamento. Assim, ao lermos o Novo Testamento somos surpreendidos com a clarificação de Cristo em relação às alianças de Deus, principalmente às alianças de Deus com o seu povo, do qual Deus o fez imagem e semelhança de Cristo (Colossenses 3:10)

Embora Cristo não tenha vindo para si mesmo e sim para o seu povo, ele ainda continua a ser superior ao seu povo, pois o seu povo vê em Cristo o seu objeto de adoração pelo fato de ter Cristo morrido e ressuscitado pelo seu povo. Em relação ao Espírito Santo, seria biblicamente confuso dizer que Cristo é superior, maior ou mais elevado que Espírito Santo. Mas isso não me impede de afirmar que Cristo tem uma significância maior quando comparado com Espírito Santo, pois este trabalha para revelar a Cristo (João 15:28). Assim a mensagem do Novo Testamento continua a ser Cristo, embora a própria mensagem seja totalmente inspirada pela pessoa do Espírito.

A mensagem Central do Novo Testamento, bem como a do Antigo Testamento é Cristo Jesus. Um exemplo disso é observar Gênesis e Colossenses à luz da criação intermediada por Cristo. Em Gênesis somos informados que Deus criou. Em Colossenses somos informados que Deus criou em Cristo. Assim, o Antigo e Novo Testamento se encaixa em perfeita harmonia em relação aos acontecimentos, culminando na glorificação de Cristo, a quem Deus o fez Senhor (Atos 2:36).

A centralidade de Cristo na mensagem do Novo Testamento é tão visível quanto o sol ao meio dia, que brilha iluminando e dando significado a tudo em nossa volta. Não é de se admirar que a mensagem acerca de Cristo seja chamada de “boas noticias”.  Qualquer outra mensagem que não esteja interligada com Cristo, a centralidade da mensagem, sempre será um assunto periférico e descentralizado de toda a sagrada escritura, Antigo e Novo Testamento.

Tiago Henrique Souza

A Bíblia. Um livro cheio de erros, contradições e falhas!

Por Cláudio Pinto

Muitos gostam de enfatizar discussões sobre hipotéticos erros da bíblia. Pois bem, a estas pessoas cujas vidas são uma constante indagação, fizemos o favor de relacionar quais os erros que elas tanto procuram.

A Bíblia está CHEIA de erros
o primeiro erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
o segundo erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;
e assim erros e mais erros estão nela contidos, erros humanos.

A Bíblia está CHEIA de contradições
Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
Ela contradiz o seu pecado e o meu.

A Bíblia está CHEIA de falhas
Porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes;
assim foi com a falha de Adão; com a falha de Caim, e a de Moisés; bem como a falha de Davi e a de muitos outros homens que também falharam.

Mas ela é o único livro a revelar o Deus único e Criador de todas as coisas, ao qual o homem nunca descobriu, mas que desceu até o homem e se revelou a ele.

É também o único livro que narra às derrotas de seu povo e de seus heróis.

É o primeiro livro impresso, o mais traduzido, mais editado, mais vendido, mais lido, e  o número um na maioria das bibliotecas.

Mas Ela é também o relato do amor infalível de Deus e de Jesus Cristo o Salvador, que está a disposição hoje, para salvar o pior dos pecadores que venha a crer.

Postado por Tiago H. Souza