“Nenhum Mal te sobrevirá” Salmo 91 ( A interpretação de Jesus e a interpretação de Satanás)

“Nenhum Mal te sobrevirá” Salmo 91 ( A interpretação de Jesus e a interpretação de Satanás)

Você provavelmente já leu o Salmo 91, um dos mais preciosos entre os salmos.
Que certezas podemos ter neste salmo? O que ele promete?

“Caiam mil ao teu lado, e dez mil, á tua direita; tu não serás atingido” (v.7)
“Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará á tua tenda” (v.10)
“Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação” (v.16)

Aparentemente parece que o salmo promete que seremos super-homens e que jamais vamos sofrer. Pergunto: Pessoas de fé nunca morrem em tragédia? Nunca sofrem com doenças? Sempre têm vida longa?

John Piper diz que há três maneiras de resolver este problema: 1) Podemos dizer que o escritor deste salmo e aqueles que o incluíram no saltério não tinham discernimentos e cometeram um erro. 2) Podemos dizer que as vítimas da batalha, os doentes, e aqueles que sofrem não fazem do Senhor o seu refugio e nem andam pela fé. Em outras palavras, a promessa é para aqueles que não são incrédulos. 3) Podemos dizer que o autor do salmo pretendia comunicar que Deus realmente governa o vôo das flechas, doenças e a duração da vida, e que nas promessas existem exceções e qualificações.

Por que defendo a terceira posição?

1-Sabemos que Satanás pode usar os salmos para nos fazer pecar. Um exemplo disso está na narrativa da tentação de Jesus no deserto onde o diabo usa este mesmo salmo 91 com uma interpretação enganosa: “Atira-te daqui… Por que ao seus anjo dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.” A interpretação que Satanás usa para tentar Jesus é muito parecido com a posição 2.

Mas Jesus recusou este uso do salmo e provou que tinha, de fato, qualificações: ele morreu jovem, sentiu golpe da carne dilacerada, foi perfurado por lanças e pregos. O mesmo Jesus disse para os seus discípulos em Lc 21.16 “matarão alguns dentre vós..” Sabemos pela narrativa de Atos que isso realmente aconteceu e acontece ainda hoje!

2- A bíblia não pode se contradizer. Há salmos como o 81(o salmo mais triste da bíblia) e o 34.19 que diz: “muitas são as aflições dos justos.”

3- A bíblia nos fala que devemos ter por motivo de alegria o fato de passarmos por grandes tribulações. Elas nos ajudarão a ser perseverantes e esperançosos, e isso glorifica a Deus.

Portanto lhe encorajo a rejeitar a interpretação de Satanás e atentar á interpretação que Jesus dá aos Salmos!

Em Cristo,

Tiago Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s