Novo Nascimento – Como acontece? – Tiago Souza

Novo Nascimento – Como acontece?

Há uma frustração geral quanto à vida. Não há dúvidas que o homem percebeu há muito tempo que há algo de errado com a humanidade. A humanidade ainda não se perdoou pela morte de mais cem milhões de pessoas em duas grandes guerras mundiais que deixará cicatrizes para sempre na história.

Ao ligar a TV ficamos assustados com as noticias que nos cercam. Pais que matam seus filhos. Filhos que matam seus pais. Guerras químicas, terrorismo, sequestros, estupros são manchetes corriqueiros nos jornais.

Assim ficamos a nos perguntar: O que há de errado com a humanidade?

Na busca de respostas satisfatória para esse mal, o homem cria para si algumas falsas soluções:

Na religião:

Os antigos gregos, por exemplo, especulando uma possível resposta para isso apelaram para o gnosticismo. Segundo eles, a carne, a materia é má. O homem de carne e osso é mau. Para os gnosticos o mundo dos mortais está em caos. Este pensamento, ou pequenas variações dele, estão presentes em outras religiões. Há uma decepção quando à vida na religião. Essa é a causa da criação de várias emaranhadas de suposições quanto á necessidade de mudança do homem. Alguns pensam em carmas, outros em reencarnações e ainda outros pensam em purgatório ou algo do tipo.

Na filosofia:

No âmbito filosófico também não é diferente. A filosofia também há muito tempo percebeu que há algo de errado com humanidade. Nietsche, pai do existencialismo moderno, era tão pessimista que afirmava que a vida vai de encontro ao total caos e total desgraça. Para Nietsche é inevitável qualquer esforço para aliviar os desconfortos e os problemas da vida, ela está indo ao encontro da total desgraça somente!

A teoria evolucionista também não vê com bons olhos a humanidade. Para Darwin, o homem está em evolução! Para Darwin éramos primatas e agora somos homens, amanha talvez possamos nos transformar em qualquer outra coisa! Tal pensamento também reflete a insatisfação quanto á vida, pois esta, segundo a teoria evolucionista, também precisa de mudanças!

 

A Conclusão que chegamos:

Tais pensamentos refletem a percepção que o próprio ser humano tem de si mesmo:  Há algo de errado com a humanidade!

O homem percebe que há algo de errado com a sua natureza. E nessa percepção eles estão corretos. Eles estão totalmente enganados quanto á solução do problema, mas a sua percepção é totalmente válida!

Para isto, o evangelho é a única via que nos propõe uma solução plausível e que tem eficácia para este mal epidêmico.

O evangelho não nos propõe uma transformação dessa vida ou uma mudança nesta vida. O evangelho nos propõe uma NOVA VIDA. Uma nova semente. Um novo nascimento. Uma regeneração.

E a pergunta que eu faço é: Como isso acontece? Como Nascemos de novo? Como podemos ter uma nova semente? Uma nova vida?

Primeiro vamos analisar dois aspectos da regeneração (novo nascimento). O aspecto que visa a soberana graça de Deus e o aspecto que visa a responsabilidade humana.

 Leia 1° Pedro 1:3-25

O Novo Nascimento sob a ótica de Deus

– No verso 3 Paulo inicia sua exposição ressaltando o seu louvor a Deus por ter usado de misericórdia para com os eleitos,  misericórdia essa que produziu a regeneração, novo nascimento.

– Essa misericórdia, segundo o verso 3, é usada por meio da ressurreição de Cristo dentre os mortos. Portanto pelo fato de ter Cristo feito a propiciação devida pelos nossos pecados e ter ressuscitado dentre os mortos , Deus usa de misericórdia para conosco nos dando uma nova vida em Cristo. Portanto, o ponto de partida é a pessoa e a obra de Cristo! Deus fará tudo isso por meio Cristo!

– Se Deus é o agente primário do novo nascimento, isso nos informa que ninguém tem o poder de realizar tal obra. Nenhum homem tem poder para realizar isso! Assim como um bebe não decide nascer do ventre de sua mãe, o homem não decide por si próprio nascer de novo.  Essa doutrina, da realização exclusiva do novo nascimento, deve estar bem centrada no nosso entendimento. Se a exclusividade da operação do novo nascimento é estritamente de Deus em Cristo, o homem é incapaz de realiza-lo.

Por quê?

– A Bíblia nos fala que somos mortos em nossos delitos e pecados. Efésios 2

– A Bíblia nos fala que por natureza estamos separados de Deus. Isaias 59.2

– A Bíblia fala que a nossa condição humana faz com que trocamos a verdade de Deus pela mentira. Romanos 1:18

– A Bíblia nos fala que satanás a cegou o entendimentos dos homens. 2° Coríntios 4.4

Portanto, é impossível para homem operar a obra da regeneração! A sua condição humana o torna incapaz de realizar tal obra. O homem é impotente para crer naturalmente nas coisas divinas. É preciso uma obra sobrenatural no seu coração. Veja por exemplo o que diz Richard Dawkins (ateísta militante) na pagina 146 do seu livro “Deus, um delírio”. Dawkins diz: “há, porém, uma coisa esquisita…Acreditar não é uma coisa que se possa decidir, como se fosse uma questão política. Não é pelo menos uma coisa que eu consiga decidir por vontade própria. Posso decidir ir á igreja e posso decidir recitar a novena… Mas nada disso pode realmente me fazer acreditar se eu não acreditar”

Dawkins está certo nesta afirmação! Não temos o poder de decidir crer. Não temos a liberdade de escolher Deus e acreditar Nele. É preciso por tanto de uma obra sobrenatural, se não nada podemos fazer!

Portanto, a regeneração é obra de Deus. Ele o faz em Cristo através da sua pessoa e obra operando a sua rica misericórdia para conosco. Louvado seja o Senhor por isso!

O Novo nascimento sob a ótica da responsabilidade humana

O Novo Nascimento acontece no coração do homem. É o homem que precisa de tal mudança, portanto, o homem participa do novo nascimento. Ele não o faz. Ele não a produz, mas ele participa!

Como?

Quando Deus usa de misericórdia para com seus eleitos, ele faz com que a mensagem do evangelho, que nos fala sobre a pessoa de Cristo, venha se tornar uma verdade no coração do homem através da operação do Espirito Santo! Portanto deve haver uma participação do homem através da aceitação dessa verdade. Nós precisamos ouvir o evangelho, entender o evangelho e responder ao evangelho que nos chama de forma eficaz na pregação do evangelho! (Tiago 1:18; 1Pedro 1:23; João 3:6-8)

Um exemplo muito próprio para este argumento é a narrativa da ressurreição de Lazaro em Lucas 11.  Lázaro estava morto há quatro dias. O evangelho de Lucas nos fala que Jesus caminha de Jerusalém até Betânia para ver e consolar a família do já falecido Lázaro. Jesus então chega  em frente ao tumulo do falecido e da uma palavra de ordem! Lazaro então volta á vida. Lázaro ressuscita!  Então perguntamos: Onde Lazaro participou desse milagre? Exatamente na sua ressurreição! Foi Lazaro que ressuscitou e voltou a viver! Jesus chama, Lazaro responde.

Então podemos considerar os seguintes pontos sobre o Novo Nascimento:

1° O Senhor escolhe.

2° O Senhor chama.

3° O homem torna a viver (nasce de novo).

4 ° O homem responde com fé.

Image

Conclusão: 

Portanto, a nossa teologia é monergista! Ou seja, a obra da salvação, o novo nascimento e a conversão é obra exclusiva de Deus, no que podemos somente ser receptores dessa obra e responder com fé, segundo a eleição incondicional de Deus!

A Resposta positiva que damos á mensagem do evangelho é produto do novo nascimento. É o novo nascimento que nos torna capaz de entender o sacrifício de Cristo e entender o que Deus fez em Cristo. A fé é produto do novo nascimento e não o novo nascimento produto da fé.

Qual a implicação disso tudo?

Qual a nossa atitude ao saber disso?

Adorar a Deus! Graças á Deus que isto é obra Dele e não nossa!  Se a obra da regeneração for de Deus, como de fato é, Ele o fará com grande maestria e perfeição. Veja por exemplo o que 1° Pedro 1:23 diz: “vocês foram regenerados, não de uma semente perecível, mas imperecível, por meio da palavra de Deus, viva e permanente.” A obra do novo nascimento feito no coração dos eleitos não há prazo de validade! A obra do novo nascimento no coração do homem não vai apodrecer ou ficar enferrujada! Ela é imperecível! Nós nascemos de novo, e nascemos de novo para todo o sempre!

Está é a graça de Deus, que nos abençoa com uma nova vida! Uma nova perspectiva! Uma nova e verdadeira alegria. Louvado seja o Senhor por isso!

Bibliografia:

Piper,John. Finalmente Vivos. Fiel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s