“Sola Fide” X Lei – Como entender a a Justificação bem como nossa responsabilidade quanto a Lei do Senhor – Tiago Souza

Image

O coração do evangelho está na doutrina da justificação pela graça somente. Dentre todos os presentes de Deus ao homem nenhum se compara a obra da justificação em Cristo. Se assim for, como fica a lei? Seria ela abolida ou desprezada pelos escritos do novo testamento? Paulo em Romanos 10:4 diz “o fim da lei é Cristo para a justiça de todo aquele que Nele crê”.

Sabemos que Paulo está se referindo a Cristo, mas que lei é essa? E que fim é esse? Para Paulo a justiça de Deus estava na lei (torá) e não na forma que esta lei estava sendo cumprida.

Nos versos 2 e 3 de Romanos 10, Paulo exorta a igreja de Roma a não depositar a sua fé de  forma ignorante em uma justiça mal compreendida pelo seu povo, os judeus, que inclusive mataram Jesus Cristo achando que ele estava ferindo a lei.

Portanto, a má compreensão dessa lei e a má compreensão da forma que ela deve ser cumprida fazem com que o povo seja alheio e ignorante quanto à graça redentiva de Jesus. Ou seja, o problema não está na lei, mas, está no homem. Essa é a tese do capitulo 1 e 2 de Romanos. Em Cristo fomos chamados para a liberdade (Gl 5). Liberdade da falsa liberdade que a nossa ignorância sobre a justiça de Deus, nos coloca. É um erro gravíssimo achar que a Lei não deva ser cumprida.

E é um erro gravíssimo achar que o homem consegue cumpri-la. Sabemos, de acordo com Paulo e com muitos outros profetas que tal homem não existe. Portanto, se a lei deve ser cumprida e o homem é incapaz de cumpri-la a única forma de sermos salvos é mediante a fé em Jesus, o Deus-homem que cumpriu toda a Lei. Nele não só deixamos de ser ignorantes, mas somos feitos “justiça de Deus” (1Co 5:21), não mediante a lei, mas mediante ao Cristo da lei.

Assim, fomos feitos também “ministros de uma nova aliança”(2Co 3:6) ,pois, não estamos mais debaixo de um julgo enganador que outrora nos condenava por tentar cumprir a lei por méritos próprios, mas debaixo da graça de Cristo que nos socorreu quando andávamos errantes por não cumprir a lei. A nova aliança em Cristo faz com que a pessoa que não cumpriu a lei descanse na vida de Cristo, pois, Cristo cumpriu a toda a lei. Tais pessoas, judeus ou gentios, que foram alcançados pela graça de Cristo podem cumprir a lei na prática do amor e gratidão a Deus sabendo que por mais que sua vida esteja guardada na vida de Cristo ela dará conta de seus atos no juízo vindouro (2Co 5:10).

Assim o evangelho penetrado no coração do homem por meio da dádiva do Espírito faz com que ele cumpra a lei mosaica na pratica do amor, que também é um sinal da autenticidade da sua salvação.

É importante também salientar que Paulo lutou incansavelmente e constantemente contra os argumentos dos judaizantes que saiam de forma itinerante pregando um falso evangelho que minava a sua autoridade apostólica. Portanto, concluo que “a letra mata” todos aqueles que depositam a sua fé na tentativa de auto-salvação mediante o cumprimento da lei, e o “espirito vivifica” todos aqueles que depositam a sua fé no Cristo de Deus, aquele que cumpriu toda a lei de Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s