Breves Pensamentos #2 – Tiago Souza

O que eu penso sobre a Teologia da Prosperidade:
Por incrível que pareça a Teologia da Prosperidade é a melhor maneira de espantar o povo da igreja e assim criar uma rotatividade sem fim invés da comunhão.
Por quê?
A teologia da prosperidade te oferece o que você pode conseguir aqui e agora como: casas, carros, promoções e etc…

O simpatizante da teologia da prosperidade vai à igreja, pede e obtêm na sua plenitude o que desejou. Assim, tendo em mãos o que queria, abandona a igreja, pois, alcançou o que tanto sonhou. Nada mais importa. De nada mais precisam. Conseguiram o que tanto almejaram.

Diferente disso, o Evangelho de Cristo te faz um eterno necessitado. Você é agraciado com uma salvação que te dá uma percepção de quanto miserável é e de quanto você precisa mudar, logo, as pessoas que tem essa percepção dada pelo Evangelho de Cristo, permanecem na comunhão da igreja, buscando e desejando o que ainda não encontraram e não encontrarão até a volta de Cristo: A perfeição.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s